Para entender o que se estuda na faculdade de Psicologia, primeiro é preciso compreender a função do psicólogo. Esse profissional está encarregado de estudar o comportamento humano e os fenômenos psíquicos e mentais dele. Ao contrário do que muitos pensam, a profissão não se resume ao atendimento em consultórios, há um enorme leque de possibilidades na carreira.

A graduação em Psicologia costuma durar cinco anos e pode ser tanto um bacharelado, quanto uma licenciatura. É importante ter em mente que, além das tradicionais consultas individuais, o psicólogo ainda pode trabalhar em empresas, na área da educação, dos esportes, fazendo orientação profissional e muito mais!

Afinal, o que se estuda na faculdade de Psicologia?

Uma das características mais interessantes desse curso é que ele trabalha com uma série de correntes da Psicologia, introduzindo o aluno em várias áreas diferentes.

Há as disciplinas introdutórias, como:

  • Antropologia;
  • Neurologia;
  • Teoria da Psicanálise;
  • História da Psicologia;
  • Sistemas Psicológicos;
  • Psicologia da Percepção;
  • entre outras.

Porém, os assuntos mais esperados por quem pergunta o que se estuda na faculdade de Psicologia são as disciplinas que compõem a área da Psicologia Clínica, como:

  • Clínica Psicanalítica;
  • Psicodiagnóstico;
  • Clínica Sistêmica;
  • Psicopatologia e Saúde Mental;
  • entre outras.

Além disso, todo aluno do curso de Psicologia deve passar por uma série de estágios obrigatórios, fazendo atendimento às mais diversas comunidades e aplicando, na prática, o que aprendeu em todas as suas disciplinas teóricas ao longo dos anos de sala de aula.

Mercado de trabalho na Psicologia

Agora que você já sabe o que se estuda na faculdade de Psicologia, é hora de entender mais sobre o mercado de trabalho na área. Hoje, o setor é amplo e bastante promissor. São inúmeras as possibilidades para quem deseja iniciar a carreira.

Atualmente conseguimos enxergar uma tendência de integração dos psicológicos com outros profissionais, atuando em conjunto e buscando um atendimento global ao paciente. Isso acontece comumente com os nutricionistas, por exemplo.

Além disso, também é possível observar uma preocupação cada vez maior das empresas com a gestão de pessoas e com políticas de endomarketing, tarefa que também é dos psicólogos.

Para saber mais sobre esse e outros cursos universitários continue acompanhando o blog da Avantis!