Se você acredita que uma formação em Gastronomia ensina apenas a manusear e preparar alimentos, saiba que está muito enganado! Durante os anos de estudo, o profissional aprende muito mais do que isso. Os conhecimentos adquiridos vão de empreendedorismo até segurança alimentar, passando por legislação da profissão e até mesmo os processos industriais envolvidos.

É claro que o profissional que tem formação em Gastronomia sai do curso preparado para atuar diretamente como chef de cozinha, mas também está apto para trabalhar em uma série de outros segmentos. Saiba mais sobre o a graduação e a profissão a seguir!

Como funciona o curso superior de Gastronomia?

Existem alguns tipos diferentes de cursos de Gastronomia. Entre eles, os técnicos e os de graduação. Hoje vamos falar sobre o funcionamento do Curso de Graduação de Tecnologia em Gastronomia.

A graduação mescla disciplinas teóricas e práticas. O aluno precisa ter em mente que passará pelas matérias mais gerais, como sociologia, matemática, estatística, história da Gastronomia, gestão, entre outras, antes de trabalhar na prática.

Quando o assunto são as disciplinas de preparação, há desde a tradicional cozinha francesa até a cozinha brasileira, passando pelos drinks, pela patisserie e até mesmo pela culinária contemporânea.  

O mercado de trabalho para quem tem formação em Gastronomia

Quem tem formação em Gastronomia conta com muitas portas abertas no mercado de trabalho. As áreas de trabalho variam desde os tradicionais restaurantes e bares até chegar em hotéis, hospitais, indústrias alimentícias ou mesmo consultorias.

É possível encontrar diversos segmentos para atuação, o que permite que o aluno opte pela área com a qual mais se identifica. Uma das que têm recebido bastante destaque nos últimos tempos é o catering, que consiste em trabalhar para eventos corporativos, companhias aéreas, entre outros. Festivais e feiras gastronômicas também estão recebendo bastante atenção.

É interessante frisar que o brasileiro tem se interessado cada vez mais pela culinária. Se há alguns anos só era possível encontrar restaurantes italianos ou franceses, hoje temos pratos de todo o globo espalhados pelo país. Junto com essa tendência também temos a valorização cada vez maior de nosso próprio patrimônio gastronômico, o que tem dado bastante destaque para a comida brasileira.

Gostou de saber mais sobre a formação em Gastronomia? Leia sobre outros cursos no blog da Avantis!