Av. Marginal Leste, 3600
Balneário Camboriú, SC
47 3363-0631

Projeto do curso de Engenharia Elétrica concorre ao Prêmio Sinapse da Inovação

Projeto do curso de Engenharia Elétrica concorre ao Prêmio Sinapse da Inovação

Acadêmicos desenvolveram protótipo conceitual de aquecimento de água por indução eletromagnética que consome 50% a menos de energia que aparelhos comuns. Tecnologia deverá ser aplicada em chuveiros, torneiras e outros itens. 

Um projeto inovador desenvolvido por acadêmicos do curso de Engenharia Elétrica da Avantis está entre os participantes do Programa Sinapse de Inovação, uma iniciativa de incentivo ao empreendedorismo inovador, promovida pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catatina (Fapesc) em parceria com o SEBRAE/SC. Os acadêmicos Roginaldo Soares e Roberval Jensen desenvolveram o protótipo conceitual  de um chuveiro aquecido por indução eletromagnética, que utiliza menos da metade do consumo de energia para funcionar em relação aos aparelhos comuns.

A iniciativa é orientada pelo coordenador curso, Julio Cesar Berndsen, e pelo professor Miguel Gustavo Filippi. Segundo os autores do projeto, 72% dos lares brasileiros usam chuveiros elétricos, sendo responsável por 42% do consumo de energia elétrica no inverno. Atualmente, os chuveiros utilizam até 7500 watts de energia para aquecerem a água. “Com o chuveiro por indução eletromagnética desenvolvido, pretendemos substituir gradativamente os aparelhos convencionais com resistências elétricas, da mesma forma que as lâmpadas incandescentes foram substituídas por lâmpadas LED”, compara Roginaldo.

Trabalho concorre à bolsa de R$ 60 mil do FAPESC para a continuidade da pesquisa.

Segundo os acadêmicos, além do baixo custo e vida útil prolongada, o uso do aquecimento por indução eletromagnética é mais seguro, uma vez que não há contato da água com partes energizadas. A ideia é que a tecnologia também possa ser aplicada em torneiras elétricas, fritadeiras e sistemas que usam resistências elétricas em geral, desde o campo até indústrias.

Projeto concorre à bolsa-auxílio

O projeto do chuveiro está concorrendo a uma das 100 bolsas auxílio de R$ 60 mil reais da Fapesc para financiar os estudos do produto, através do Sinapse da Inovação. A lista com as 300 ideias aprovadas para a segunda fase do programa será disponibilizada até o dia 17 de novembro. Ao todo foram submetidas 1791 ideias inovadoras, com 4074 participantes.

Como contribuir!

Um dos passos importantes que contam pontos para o financiamento do projeto é a participação e interação das pessoas com a determinada ideia.

Para contribuir basta fazer um cadastro rápido e gratuito no portal clicando aqui!

Depois basta acessar a plataforma com as informações do chuveiro elétrico por indução clicando aqui!

Já no portal você pode interagir das seguintes formas:

1 – Favoritar a ideia no canto superior direito da tela.

2 – Investir 5 créditos BVI no projeto (você ganha 20 créditos ao fazer o cadastro).

3 – Justificar o investimento: “ideia interessante”, por exemplo.

4 – Comentar algo positivo sobre a iniciativa no campo “deixe um comentário”.

Share